Contabilidade

Contabilidade analítica vs. financeira: quais as diferenças?

6 de julho, 2022
Contabilidade analítica vs. financeira: quais as diferenças?

A contabilidade é a técnica de cálculo, classificação, registo e organização das operações com impacto patrimonial numa organização. É a via formalizada de tratar a informação contabilística e financeira das empresas. Vários termos se lhe aplicam: contabilidade analítica, financeira, de gestão, interna, externa ou geral.

Mas a que exatamente se referem estes termos? Saiba de que tratam e quais as diferenças.

Contabilidade analítica vs contabilidade financeira

A contabilidade de uma empresa pode dividir-se em, essencialmente, duas: a contabilidade financeira e a contabilidade analítica. Uma tem um caráter mais legal e outra um caráter mais preditivo.

Contabilidade financeira

A contabilidade financeira, também chamada de contabilidade geral ou externa, trata da posição financeira de uma empresa – essencialmente o património. Tem por objetivo o registo e controlo de operações, e visa a elaboração de demonstrações financeiras.

É dirigida a acionistas, fornecedores, investidores, clientes e ao Estado. Lucro, investimentos, despesas ou receitas todos caem sob a alçada da contabilidade financeira. Esta é uma obrigação fiscal e está sujeita a normalização. A periodicidade de apresentação da contabilidade financeira é variável, podendo ser mensal, trimestral ou anual.

Contabilidade analítica

A contabilidade analítica de uma empresa também é referida como contabilidade de gestão ou interna. Isto porque foco é a estratégia e o desempenho da empresa. Os destinatários da contabilidade analítica são principalmente os diretores financeiros ou gestores das empresas, que têm a cabo o planeamento, análise e tomada de decisões. As ferramentas da contabilidade analítica são os balanços, demonstrações de resultados e fluxos de caixa, que fornecem orientação à gestão e administração de um negócio.

Contabilidade analítica e financeira: o que têm em comum?

Apesar de a contabilidade analítica não ser exigida, esta é extremamente importante para qualquer negócio, e deve ser, claro, complementada com a contabilidade financeira.

A contabilidade analítica deve ser adaptada à realidade financeira de cada empresa ou organização e ter em conta as atividades desenvolvidas, as gamas de serviços ou tipo de produtos, os recursos possíveis e disponíveis e as políticas seguidas.

Não se pode dissociar a contabilidade analítica da financeira, uma vez que a contabilidade externa de uma empresa fornece o modelo económico que será analisado e posto em prática pela contabilidade analítica ou interna.

Sobre o autor

Mariana Pimentel | Content Marketing na PRIMAVERA Business Software Solutions

Como nativa digital, alio o meu fascínio pela comunicação às potencialidades da tecnologia. Da experiência em jornalismo trouxe os valores do rigor e da fiabilidade da informação e o mestrado na área de Marketing e Comunicação Digital foi a ponta do iceberg de conteúdo que vai crescendo diariamente.

Alio a comunicação ao digital e foi no setor das tecnologias que encontrei a base da objetividade que me permite transmitir mensagens uníssonas e objetivas da atualidade da comunicação empresarial.
Autor do artigo:
Data de criação do artigo:
6 de julho, 2022
Tags:
Partilhe este artigo:

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e acompanhe todas as novidades.

Ao subscrever concorda com a nossa Política de Privacidade.

Outros artigos do seu interesse